Procurando Dory (Finding Dory) | CinePipoca

julho 3, 2016
842 Views

Procurando Dory cumpre a função de devolver a nostalgia de um dos filmes mais memoráveis da Pixar?

E a função de ser uma continuação eficaz e original. Veremos essas questões no decorrer da minha opinião, que não é fácil escrever por conta do grande amor que sinto pelo trabalho feito em animações!

Incrível como a Pixar conseguiu deixar sua marca em Procurando Nemo há treze anos atrás. Com o anúncio que iriamos ver os personagens de volta ao cinema o publico da época já sentiu a nostalgia mesmo sem nem assistir ao filme, mas esse seria um ponto chave para o filme, a nostalgia carregaria o filme para o sucesso e sua originalidade seria deixada de lado.

Procurando DoryO trabalho de Andrew Stanton e Angus MacLane deve ter sido difícil no ponto de vista de inovação, afinal como trazer um personagem, que antes secundário, faria parte do arco principal. Toda a história giraria em torno desse personagem, no caso Dory.

Antes trabalhado como um alívio cômico, o caso de perda de memória recente retratado na peixinha Dory (Ellen DeGeneres) aqui é muito mais emocional e funciona como o ponto de aprofundamento da personagem, o filme trabalha com flash backs da jovem Dory até se perder de seus pais e encontrar Marlin (Albert Brooks) em sua jornada!

O novo longa se passa um ano após todos os eventos acontecidos em Procurando Nemo, onde Dory começa a ter lapsos de memória e então se recorda dos seus pais, eis a premissa do filme.

Um dos pontos fortes do filme é a animação, que volta com uma cara mais realista e brilhante, outro ponto são as experiências vividas por Dory, agora retratadas de uma forma diferente. A Pixar/Disney tiveram uma sacada incrível em explicar pontos altos do filme anterior.

Como Dory ‘inventou’ a múica “continue a nadar..” ou então como ela aprendeu a falar a língua das baleias? Essa explicação torna o filme mais original do que parece, onde somos apresentados a uma nova personagem, Dory nesse filme é muito mais emocional.

O filme ainda funciona como um modo de enxergarmos a vida daqueles que vivem com esse tipo de doença, como a vida não é fácil e acima de tudo a Pixar consegue nos mostrar uma história de superação!

Os novos personagens são brilhantes e possuem arcos que realmente irão ajudar o desenrolar do filme. Hank (Ed O’Neill) é bem trabalhado e não deixa a desejar na produção, assim como os personagens Destiny (Kaitlin Olson) que rouba a cena em todos os momentos que aparece e funciona perfeitamente com o Bailey (Ty Burrell) ambos personagens inesquecíveis nessa nova jornada da Pixar.

Apesar de pouca originalidade, Procurando Dory consegue trazer a nostalgia, divertir e apresentar uma história nova baseada no filme anterior. Fiquei extremamente satisfeito com a produção e já me deu saudade!

 Veredito: 8,9

You may be interested

Ariana Grande está de volta! Escute “No Tears Left to Cry”
Música
15 Compartilhamentos65 Visualizações
Música
15 Compartilhamentos65 Visualizações

Ariana Grande está de volta! Escute “No Tears Left to Cry”

Diego Augusto Durante - Abril 20, 2018

O final de semana começando bem! A queridinha Ariana Grande está de volta com o primeiro single do seu novo…

La Casa de Papel precisa de terceira temporada?
Séries e TV
8 Compartilhamentos98 Visualizações
Séries e TV
8 Compartilhamentos98 Visualizações

La Casa de Papel precisa de terceira temporada?

Diego Augusto Durante - Abril 18, 2018

E aí queridos, viciados em séries! Vamos falar de uma das séries com o maior hype que eu já vi?…

IZA arrasa com o clipe de “Ginga”, vem assistir!
Música
1 Compartilhamentos159 Visualizações
Música
1 Compartilhamentos159 Visualizações

IZA arrasa com o clipe de “Ginga”, vem assistir!

Diego Augusto Durante - Março 23, 2018

Finalmente um novo material da ótima IZA! A cantora que conseguiu encontrar o seu estilo de música e traz uma…