CINEPIPOCA

Logan é o que precisamos para a despedida de Hugh Jackman | CinePipoca

Eis que uma grande franquia chega ao fim, e seu fim é glorioso! Há 17 anos iniciava o que pode se dizer o percursor de filmes de heróis nos cinemas, os X-Men. Junto, conhecemos Wolverine, um personagem selvagem interpretado por Hugh Jackman, que não devia imaginar o tamanho sucesso que faria.

Logan

Com todo seu charme e carisma, apesar de bem diferente dos quadrinhos, conseguiu sustentar o personagem e fazer com que ganhasse fans ao redor do globo. Nesse capitulo fomos apresentados a uma forma mais fiel do personagem, sem piedade, misericórdia e muito, mais muito sangue!

Triste, porém chegou ao fim a franquia derivada de X-Men, os filmes solo do personagem Wolverine. Depois de dois filmes bem mais ou menos o fim triunfante para o ator chegou. Um dos pontos-chave para o sucesso e qualidade do filme foi a classificação R dada ao filme, podendo ter mais liberdade em suas escolhas.

Anos na frente, em 2029, somos apresentados a um Velho Logan. Onde logo nas sequencias iniciais percebemos a que pé o personagem está. Com os olhos avermelhados, cansado e cheio de feridas do passado, cansado de carregar seu fardo. O personagem trabalha para conseguir seu sustento e então ajudar um dos seus amigos que ainda estão vivos. Charles Xavier (Patrick Stewart) está ainda mais velho que Logan e leva consigo o Alzheimer que complica a situação do mutante. Com seu incrível poder fora de controle não temos mais um Professor X controlado, calmo e sempre com sua postura. Aqui temos uma presentação da “idade” que beira o formidável. Nos dando momentos de alivio cômico e outras de extrema tristeza por ver a situação do personagem.

Logan

A relação estabelecida entre Jackman e Stewart é incrível e com certeza ficará para a história. Um clima real de paternidade, de legado é estabelecido, mas o grande feito em Logan é definitivamente Laura (Dafne Keen) está simplesmente formidável.

Com poucas falas a relação entre eles é de cair o queixo e de fato um dos muitos pontos fortes do filme. A jovem de apenas 11 anos Dafne Keen consegue transmitir o que a personagem quer dizer somente com seu olhar e trabalho corporal. Sem sombra de dúvidas podemos esperar o legado levado a diante com essa personagem.

Logan ganha o primeiro e empolgante trailer, assista agora!

Boyd Holbrook também consegue dar consistência ao seu personagem “um vilão” nada convencional.

A atmosfera pesada e cansada do filme é como um espelho da alma torturada de alguém que já passou por muita coisa. O uso inteligente de planos abertos para mostrar tudo ao redor e planos fechados para criar conexão com os personagens foi uma saída maravilhosa, dando ao filme o que ele precisa.

Logan

Um filme que contém boas cenas de ação, muitas por sinal, com lutas bem coreografadas, efeitos especiais na dosagem correta somente para ajudar a transmitir a essência dos X-Men. É um filme com peso dramático correto e que cumpre seu papel em todos os aspectos. O fim de Wolverine não poderia ter sido melhor, em Logan temos exatamente o que é preciso.

Um filme sobre o fardo do passado, saber lidar com o presente e a esperança de um futuro!  Um filmão da porra!

E agora, qual será o futuro da franquia? Claro que a história de Logan foi fechada com essa obra, mas e os novos mutantes, Laura ou X-23? Fica a pergunta.

Veredito: 9.6

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Para o topo