Kanye West lança clipe com personalidades nuas para a polêmica “Famous”

“The Life of Pablo”, álbum de Kanye West, saiu em fevereiro.

Kanye West é o rei das polêmicas, isso ninguém pode negar. Na noite de ontem (24), o rapper lançou o clipe da canção “Famous” em parceria com a cantora Rihanna em uma apresentação para convidados. As Kardashians apareceram em peso para prestigiar o marido de Kim. O evento foi transmitido pelo Tidal.

Confira abaixo um trecho do videoclipe:

O vídeo é uma referência à pintura “Sleep”, de Vincent Desiderio, em que várias pessoas nuas dormem em uma mesma cama. O destaque chocante do videoclipe fica por conta Chris Brown e Rihanna. Para quem não lembra, o rapper a agrediu em 2009 e até hoje gera polêmica por suas atitudes agressivas e violentas, não sendo a última vez que foi denunciado pelo caso.

No Instagram, Chris Brown parabenizou o videoclipe dizendo que Kanye era louco, mas talentoso.

Do lado do ex-casal, estava Taylor Swift, que é citada na canção de Kanye. O rapper diz “sinto que eu e Taylor Swift ainda vamos transar, eu tornei essa vadia famosa”. Os West alegam que tiveram total aprovação da cantora para lançar a música, mas Taylor nega o que aconteceu e pede para que a família a deixe em paz. Complicado, né?

Ray J é a personalidade seguinte. Ex de Kim Kardashian, ele foi meio que “responsável” por sua escalada ao sucesso: um vídeo íntimo dos dois caiu na internet e Kim conseguiu superar as críticas e começou a construir seu império e levar o nome Kardashian à mídia. Ao lado de Ray, está Amber Rose, ex de Kanye, que o confrontou no Twitter no começo do ano quando o rapper decidiu mudar o nome do álbum.

Além desses, Caitlyn Jenner, George Bush, ex-presidente dos EUA, e Donald Trump, atual candidato à presidência do país, também estão na cama junto com Kanye e sua mulher Kim.

O vídeo gerou revolta assim que saiu na internet, afinal muitos não conseguiram compreender a “arte” de Kanye West em colocar uma vítima do lado de seu abusador e acender de novo as polêmicas com Taylor.

Deixe uma resposta