Harry Styles ligou para uma das vítimas do bombardeio em Manchester

Semana passada, 22 de maio, Manchester foi atingida por um devastador ataque terrorista, resultando em 22 pessoas mortas, que deixavam o estádio Manchester Arena, após o show de Ariana Grande.

Muitos artistas prestaram sua solidariedade as vítimas, durante seus shows ou prestando homenagens por suas redes sociais, mas Harry Styles fez diferente e decidiu fazer um telefonema para uma das vítimas.

Enquanto se recuperava de uma cirurgia que durou 10 horas e meia, e dois procedimentos que não estavam planejados, Freya Lewis, 14 anos, que sofreu múltiplas fraturas, lacerações e queimaduras após ser atingida por estilhaços da explosão, e teve uma das amigas mortas no local do atentado, se surpreendeu ao receber um telefonema do cantor.

A escola, no qual Freya estuda, compartilhou o estado atual da aluna e como foi a experiência ao receber a ligação. Georgia, irmã da vítima, agradeceu a Harry, através de seu facebook.

“Em primeiro lugar, Freya saiu o suficiente da sedação para olhar para seu pai, dar-lhe um beijo e sorrir, então papai gritou: ‘O que poderia superar isso? Eu sei que você está pensando’. Em segundo lugar, o telefone tocou, e foi Harry Styles. Freya acordou, Harry disse que a amava, ela disse que o amava, então o pai disse que o amava!!”

Não foi o primeiro ato de solidariedade que o cantor presta as vítimas de Manchester, na mesma noite do atentado, ele se apresentou no México, com um set acústico, menor do que estava previsto, comovido, ele disse que aquela noite não era um dia para comemoração.

Deixe uma resposta