Goosebumps: Monstros e Arrepios | CinePipoca

Goosebumps: Monstros e Arrepios, ainda tento entender a necessidade de adicionar um slogan como se nós fossemos totalmente idiotas! Deixa só Goosebumps

Um dos pontos que fizeram do filme muito positivo aos meus olhares é a falta de expectativa. Como já disse várias vezes, a expectativa acaba tornando o filme ruim quando não suprida, mas pelo contrário se você está na sala do cinema neutro, o filme pode ser uma grande surpresa.

Dirigido por Rob Letterman (As Viagens de Gulliver) Goosebumps é um filme que conseguirá agradar tanto os pequenos quanto os adultos, o roteiro escrito por Larry Karasewski, Scott Alexander e Darren Lemke, narram a história, bastante conhecida, dos livros de R.L. Stine, no filme protagonizado por Jack Black.

Com um roteiro um tanto quanto acelerado, o trio conseguiu deixar todos os pontos ligados e criar uma boa sinergia entre os atos, nos preparando para o que poderia vir de forma engraçada e descontraída, e fechando ciclos anteriormente abertos.

GoosebumpsA premissa do filme é explorar os monstros criados por R.L. Stein, Jack Black, que tenta afastar todos e tudo de sua vida para que ninguém descubra seus segredos. Categorizado como terror, aventura e comédia, os dois últimos gêneros são bem explorados. Sempre há a criação de um romance para dar um norte a toda a história, rápida e agradável esse romance não se torna cansativo.

Os personagens foram bem desenvolvidos dentro da trama e também individualmente. Temos Dylan Minnette que tenta construir um protagonista carismático e em certos momentos até consegue, Odeya Hush como Hannah, filha de R.L.Stein, Ryan Lee como Champ, aquele personagem carismático e engraçado que o seu maior sonho é conseguir conquistar a bonitona da escola, Amy Ryan, mãe de Zach e a maravilhosa Jillian Bell, que roubou a cena construindo cenas engraçadas, posso dizer que as melhores cenas.

Com um elenco bom, trabalhando ainda melhor em grupo o problema se torna os CGI, que peca na construção de sincronia entre os personagens e os monstros totalmente computadorizados, não encontrei problemas na criação de cada personagem, monstro, individualmente, mas o ponto negativo fica para a interação entre esses monstros.

O filme consegue construir uma narrativa concisa e agradável. Em outras palavras eu super indico esse filme, que mescla gêneros e irá te fazer rir em certos momentos.

Até a próxima!

Deixe uma resposta