#EPHonest: Rihanna – ANTI

setembro 15, 2016
391 Views

Rihanna está finalmente de volta, depois da espera de três anos o oitavo disco de inéditas está entre nós. O quase mito ANTI.

RihannaComo a cantora divulgou na festa onde foi divulgada a capa do disco ANTI carrega consigo um significado de algo que vai contra os padrões, contra decisões políticas e sociais e é exatamente a proposta do oitavo disco da cantora Rihanna.

O que deixou diversas pessoas com uma visão do avesso ao novo disco, mas basta aceitar que Rihanna resolveu fazer algo realmente diferente. De inicio o disco tinha o dedo de ninguém menos que Kanye West, mas as coisas saíram do controle e ele acabou saindo da produção do disco, mas ainda sim da para sentir sua vibe ao longo das faixas.

Bem distante do pop que estamos acostumados a escutar ANTI beira um pop bem suave com muito mais R&B do que nunca, o que é extremamente positivo para a carreira da cantora, afinal com o ANTI , Rihanna pode mostrar seus diversos talentos para a música.

De forma visceral a cantora nos apresenta um disco com 13 faixas em sua versão Standard e mais três inéditas na versão Deluxe, uns dizem ser poucas faixas para tanta espera, mas acredito ser o essencial. Com a saída do Kanye as faixas”FourFiveSeconds“, “Bitch Better Have My Money” e “American Oxygen” não entraram na versão final do disco, mas calma tem tanta coisa boa para escutar que perdoamos a barbadiana.

E não faço elogios apenas por ser fan da cantora, o disco está realmente muito bom e diferente dos outros discos que ela já lançou, algumas faixas lembram uma aqui e outra ali, mas no fim acabam sendo totalmente diferentes. Uma grande parcela das críticas estão sendo negativas ou bem mornas  por conta da expectativa criada através de uma divulgação, diga-se falha.

Depois que o ANTIDiaRY começou a rolar bagunçou ainda mais a cabeça de todos, mas fizeram um ótimo trabalho na produção dos teasers.

Rihanna

Depois de se moldar ao longo de sete discos Rihanna pega o caminho contrário e mostra que pode ser diferente, e será diferente de tudo o que ela já fez. ANTI em sua essência é o disco mais limpo e com vocais mais puros da cantora, ela grita, mostra uma voz diferente, melódica.

Já começamos com a ótima Consideration, uma parceria com a cantora R&B SZA, com uma melodia forte e com um ar mais pesado temos algo que se assemelha ao reaggae, coisa que Rihanna já havia falado que gostaria de cantar, um clima relaxante apesar de pesado a faixa transmite proximidade com a cantora.

James Joint é um interlute que contraria a faixa anterior, talvez por Consideration ser tão pesada precisaria de um interlude para acalmar os ânimos, Mas ela poderia muito bem dividir o disco em outro momento.

RihannaKiss It Better é a terceira faixa do disco e uma das melhores. “Cara, foda-se seu orgulho, leve ele nas costas… O que você está disposto a fazer?” essa é a faixa com grande potencial para single e um ótimo videoclipe, a guitarra presente na faixa, ao longo da voz suave da cantora causam arrepios.

A próxima já conhecemos Work, uma parceria com Drake, é o primeiro single oficial do disco e não poderia ser diferente. No começo pode ser que você estranhe os versos repetidos da cantora para tantos compositores e pessoas por trás da música “trabalhando 6x se você olhar estarei trabalhando 6x“, uma das mais animadas do disco, tirando as faixas bônus da versão deluxe, a parceria com Drake é perfeita para promover o disco.

Desperado começa e você pode ter a certeza de que não iremos ver a mesma Rihanna dos discos Loud, Talk That Talk e Unapologetic. A faixa fala sobre um rapaz e que ela estaria junto com ele.

Já podemos perceber que a cantora está muito mais confiante e sabe que já se moldou ao longo de vários anos, Woo está ai para mostrar que ela pode sim arriscar. Seguindo de Needed Me, é a transição perfeita para a faixa anterior, ainda com o mesmo ar sombrio na faixa a cantora canta versos complementares como “Eu nunca te disse que poderia me ter…”.

Yeah, I Said It que tal dar uma pausa? Com o clima mais tranquilo os versos da faixa são cantados quase sussurrando e “gemidos” ao fundo, é uma faixa extremamente sensual. O mais engraçado desse disco é que Rihanna não teve medo de ousar, e “Same Ol’ Mistakes” prova isso, faixa de Tame Impala que a cantora fez um cover (mais uma coisa que pode causar o estranhamento no disco, Rihanna fazendo cover?) Pois bem a faixa ficou com um clima sombrio e arrastado, ela pode te levar a outra dimensão, tome cuidado.

Rihanna

E a transformação acontece de novo, talvez o cover pesado foi feito para dar a sensação de que estamos realmente em outra dimensão. “Never Ending” mostra Rihanna romântica nos conduzindo a icônica “Love On The Brain” que nos leva de volta direto para os anos 70 e mostra sua voz brilhantemente pura.

Higher” é a extensão perfeita para a faixa anterior, ambas juntas funcionam muito bem e já quero um curta, pra ontem! Pode deixar Kiss It Better para terceiro single e use essas duas como segundo.

Close To You fecha o disco de forma calma e tranquila, nos fazendo olhar para todas as outras faixas e nos deixar aliviados, o grito de liberdade realmente aconteceu nesse disco, ela fez jus ao nome ANTI, e nos trouxe algo completamente diferente.

Para fechar, a versão deluxe vem com Godnight Gotham, a conhecida A Night que faz parte do comercial da Dior, e as inéditas Pose e Sex With Me, faixas se se assemelham com o que ela trouxe no disco anterior.

Rihanna

Enfim, Rihanna fez um ótimo trabalho, entendo que pode ser difícil engolir essa Rihanna diferente, mas ela tem o poder de se moldar e conseguiu com o ANTI.

Preferidas: Kiss it Better, Work, Love on The Brain e Close To You.

Veredito final: 9

 

ads

 

You may be interested

La Casa de Papel precisa de terceira temporada?
Séries e TV
8 Compartilhamentos78 Visualizações
Séries e TV
8 Compartilhamentos78 Visualizações

La Casa de Papel precisa de terceira temporada?

Diego Augusto Durante - Abril 18, 2018

E aí queridos, viciados em séries! Vamos falar de uma das séries com o maior hype que eu já vi?…

IZA arrasa com o clipe de “Ginga”, vem assistir!
Música
1 Compartilhamentos151 Visualizações
Música
1 Compartilhamentos151 Visualizações

IZA arrasa com o clipe de “Ginga”, vem assistir!

Diego Augusto Durante - Março 23, 2018

Finalmente um novo material da ótima IZA! A cantora que conseguiu encontrar o seu estilo de música e traz uma…

Lorde vem para o Brasil no POPLOAD festival em novembro!
Música
4 Compartilhamentos129 Visualizações
Música
4 Compartilhamentos129 Visualizações

Lorde vem para o Brasil no POPLOAD festival em novembro!

Diego Augusto Durante - Março 20, 2018

Para tudo! Foi anunciado pela equipe do Popload Festival que Lorde voltará para o Brasil! Ela é a atração principal…